Conheça um pouco de Carla Lisiane, a nossa querida “Mana”

Conosco desde 2004, ela é mais um grande exemplo de que o Barcelos Gastronomia é literalmente uma grande família

 

Carla Lisiane Oliveira do Prado mora em Porto Alegre. Sua história com o Barcelos Gastronomia começou em meados de 2004, quando entrou como diarista. Ela cobria a folga de outros funcionários nos finais de semana. Logo em seguida, quando abriu uma vaga, acabou entrando de vez para a equipe. “Minha mãe já trabalhava aqui como cozinheira. Quando entrei de fixa aqui, fui para a cozinha ser auxiliar dela”.

 

Mas se você procurar por Lisiane no Barcelos Gastronomia, provavelmente as pessoas vão te dar um olhar de dúvida. Ela é mais conhecida pelo apelido de Mana. “Como a minha mãe trabalhava aqui, aí ficou assim. É em família, entende? Trabalhou minha mãe, minhas duas outras irmãs, só que já saíram. E daí eu tenho uma irmã menor que está aqui. Então, como ela trabalha comigo, ela me chama de Mana. Daí ficou assim, Mana 1 e Mana 2, Mana pequena e Mana grande. Ninguém me conhece por Lisiane ou Carla, é só Mana”, brinca.

 

Somente um ano depois de trabalhar como auxiliar de cozinha, Mana foi promovida. “Fui trabalhar como gerente de lancheria, que serve o pessoal do Clube, né? Tem mil funções que eu faço. Atendo o pessoal daqui, compro os materiais, cuido do estoque, também atendo na própria copa, faço as vendas”.

 

Além dessa função fixa, Mana também é conhecida no Barcelos por fazer um pouco de tudo. “Bem, aqui na copa eu faço de tudo. Mas se o pessoal estiver precisando de uma mão no restaurante, eu saio daqui e vou lá ajudar. Se as meninas precisam de ajuda na reposição, vou lá e faço com elas, dou um auxílio na cozinha também se estiver faltando alguma coisa. Eu transito em todo o restaurante, mil funções em um”, brinca.

 

Exercer tantas funções não é nada complicado para Mana. Por ser agitada e não gostar de ficar parada, caminhar de um lado para o outro acaba sendo uma coisa natural no seu dia a dia. “E eu gosto do que eu faço, né? É bem agitado, e eu gosto de ficar em movimento. Sou bem desinibida com tudo, então acabo tirando de letra essa correria”.

 

Assim como vem sendo com todos os funcionários do Barcelos Gastronomia, o contato com os clientes também não é nada diferente com Mana. Conhece muitos, tem uma ótima relação de proximidade e sabe de cabeça o gosto de cada um deles. E graças a esse contato direto, juntamente com o jogo de cintura que tem, muitas vezes ela é chamada para atender a clientes específicos. “Alguns eu conheço há anos. Tem aqueles clientes que ‘vai lá, Mana, dá um jeitinho que tu sabe’. Daí vou lá e converso com eles, dou uma ajeitadinha para melhorar um pouquinho. Porque tem aqueles sócios mais exigentes, né? E isso é super normal. Estou há muito tempo aqui, e isso facilita muito”.

 

Mana trabalha de segunda a segunda, das 8h às 16h. Por isso, sempre quando chega em casa, não quer saber de nada além de curtir a companhia dos filhos, ainda mais com a presença da caçula da família. “Meu hobby é minha família, meus três filhos. Tenho uma pequena agora, de oito meses. Até estava de licença, voltei faz pouco. Daí fico em função dos meus filhos. Na minha folga eu tento fazer o possível para dar atenção a eles, ficar o máximo de tempo possível com eles”.

 

O futuro é impossível prever, por isso Mana vive um dia de cada vez e aproveita que está muito feliz com o trabalho desempenhado no Barcelos Gastronomia. “Eu gosto do que eu faço, adoro as coisas que eu faço. Eu tento ser ajudada e ajudar também, né? Estou muito feliz hoje”.

Sem comentários

Publique um comentário